RSS

Arquivo da Categoria: Unidade 4

Fim dos imunossupressores

Novo método elimina necessidade de imunossupressores para evitar rejeição de transplantes

Testada em primatas, técnica poderia resolver sérios problemas enfrentado por pacientes transplantados

Há décadas, imunologistas vêm tentando treinar o sistema imunológico de pacientes a aceitar células e órgãos transplantados, sem ter que recorrer a medicamentos anti-rejeição de longo prazo. Agora, uma nova pesquisa da Universidade de Minnesota mostra que isso é possível.

No estudo, publicado na revista Nature Communications, um grupo de pesquisadores do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina e do Instituto Schulze de Diabetes, colaborando com colegas da Universidade Northwestern, conseguiram manter a sobrevivência e o funcionamento de ilhotas pancreáticas transplantadas a longo prazo, mesmo com a descontinuação completa de todos os medicamentos anti-rejeição no 21º dia após o transplante.

Para muitos pacientes em estado avançado de falência de órgãos, o transplante é a única opção de tratamento efetiva restante. Para prevenir a rejeição ao transplante, os pacientes devem tomar medicamentos de longo prazo que suprimem o sistema imune do corpo. Esses imunossupressores são efetivos na prevenção da rejeição a curto prazo; no entanto, como as drogas anti-rejeição suprimem todo o sistema imune sem distinção, os usuários sofrem o risco de adquirir infecções severas ou até mesmo câncer. Além disso, outros efeitos colaterais, como hipertensão, toxicidade renal, diarréia e diabetes diminuem os benefícios do transplante. Por fim, os fármacos imunossupressores são muito menos eficazes na prevenção da rejeição de transplante no longo prazo, levando à perda do enxerto em muitos casos.

Como uma população crescente de pacientes transplantados enfrenta esse impasse, que pode afetar as chances de sobrevivência, gerações de imunologistas vem tentando atingir a tolerância imunológica como objetivo central no campo de medicina de transplantes. Induzir a tolerância eliminaria a necessidade do tratamento cronico com imunossupressores e aumentaria a chance de sobrevivência do paciente. A prova de que a tolerância imunológica dos transplantes pode ser alcançada foi demonstrada pela primeira vez em camundongos por Peter Medawar, em um artigo ganhador do Prémio Nobel publicado na revista Nature, há mais de 65 anos. No entanto, apesar do imenso significado dessa descoberta, a tolerância ao transplante foi alcançada em poucos pacientes.

Este novo estudo se aproveita de atributos típicos dos glóbulos brancos modificados de doadores, que foram infundidos em receptores de transplante uma semana antes e um dia após o transplante, recapitulando a fórmula da natureza para manter a tolerância do corpo com seus próprios tecidos e órgãos. Sem a necessidade de medicamentos anti-rejeição de longo prazo, os transplantes de células das ilhotas pancreáticas poderiam se tornar uma opção de tratamento, e possivelmente uma cura, para muitas pessoas sobrecarregadas pela diabetes tipo 1.

“Nosso estudo é o primeiro a induzir, de forma confiável e segura, tolerância imunológica duradoura a transplantes em primatas não humanos”, conta Bernhard Hering, professor sénior e vice-presidente de Medicina Translacional do Departamento de Cirurgia da Universidade de Minnesota.”A consistência com a qual fomos capazes de induzir e manter a tolerância a transplantes em primatas não humanos nos dá muita esperança de que nossas descobertas possam ser confirmadas para benefício de muitos pacientes de transplante renal — o que inauguraria uma era inteiramente nova na medicina de transplantes”

Universidade de Minnesota

Novo método elimina necessidade de imunossupressores para evitar rejeição de transplantes

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 3 de Agosto de 2019 em Unidade 3., Unidade 4

 

Etiquetas: , ,

Como combater as bactérias com vírus?

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 29 de Setembro de 2017 em Biotecnologia, CTSA, Unidade 3., Unidade 4

 

Etiquetas: , ,

Imagem

Prémio Nobel da Medicina denuncia: “As farmacêuticas bloqueiam medicamentos que curam, porque não são rentáveis”

Richard_Roberts-696x465

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 26 de Março de 2017 em Biotecnologia, Cientistas, CTSA, Unidade 4

 

Etiquetas: , ,

Transferência Lateral de Genes

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Fevereiro de 2017 em Unidade 2, Unidade 4

 

Etiquetas:

Anticorpos monoclonais

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Fevereiro de 2017 em Biotecnologia, Imunidade (U3), Unidade 4

 

Etiquetas: ,

Electroforese

 

 

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Fevereiro de 2017 em Unidade 2, Unidade 4

 

Etiquetas:

Sequenciador de DNA

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Fevereiro de 2017 em Unidade 2, Unidade 4

 

Etiquetas: